Cerveja passa da validade?
Quem nunca achou uma cerveja perdida quando foi limpar a geladeira que atire a primeira pedra!

Provavelmente você já reparou em uma data de validade na sua cerveja. A grande maior parte das garrafas e latas tem datas de validade nelas hoje em dia, o que tecnicamente significa que elas podem passar da validade. É claro que no Brasil é obrigatório exibir a data de validade e lote no rótulo, entretanto, há países em que essa regra não se aplica exatamente dessa forma.

E isso é porque as cervejas não passam da validade como o restante das suas coisas.

Ao invés disso, a qualidade da cerveja vai declinando conforme o tempo, afetando o aroma, sabor e o corpo. Se você perceber que a cerveja perdeu a carbonatação ou que o sabor já não parece fresco ou saboroso, veja a data da validade. 

Provavelmente passou da data!

A boa notícia é que beber a cerveja que já passou da validade não faz mal. Desde que você a tenha armazenado da forma correta e não esteja danificada, é provável que não venha a ter nenhum efeito colateral. Em alguns casos, sua experiência sensorial poderá ser impactada, com o surgimento de aromas ou características indesejáveis conhecidas como off flavors.

O máximo que pode acontecer é um certo inchamento na área do estômago se a cerveja tiver passado da data de validade há muito tempo. 

Algumas cervejas, assim como o vinho, ficam ótimas quando envelhecem. Não é o caso das cervejas "mainstream" que o povo está acostumado, mas é o caso das cervejas com teor alcoólico mais elevado, artesanais, pelo menos em sua maioria. 

Em teoria, quanto maior for o ABV da cerveja, maior é a probabilidade dessa cerveja estar ótima para consumo após alguns meses ou até mesmo anos da data de fabricação. É o que ocorre com as chamadas cervejas "de guarda", que são vendidas exatamente com esse propósito, ou seja, degustá-la após alguns meses de refermentação na garrafa.

Gostou de saber disso? Compartilhe!

Fonte: http://berghoffbeer.com/blog/does-beer-expire/

SUA REAÇÃO?

Conversas no Facebook



Conversas no Disqus